Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Delicate Notes

As memórias são para ser partilhadas

Ano Novo.

Tumblr_lvnlgdqg3p1qbsxi5o1_500_large
Para mim, o Ano Novo é um momento pela qual não gosto de passar, aliás é um momento da qual eu não gosto (pelo menos, por agora). Desde pequena, que nunca festejei o Ano Novo como a maioria das pessoas festeja: sair para me divertir, ir a quintas, jantar fora, conviver com os amigos, passear ou viajar para fora...Fico sempre em casa, com a família, sem grande entretenimento...Nunca tive de escolher um look para esta noite, nem de me arranjar para me ir sair na passagem do ano. Fico sempre por casa, em que o meu look predominante é sem dúvida, o pijama.

Quando oiço os amigos falarem da grande festa que fizeram, das brincadeiras e dos jogos, dos locais que visitaram, da animação da quinta onde estiveram, eu sou provavelmente quase a única que não tem um momento memorável para contar.


Já tive passagens do ano, em que simplesmente permanecia calada, com o meu confortável pijama, em frente à TV, a ouvir a contagem decrescente passar, ao mesmo tempo que o meu coração batia nos últimos segundos do ano.


Não tenho PDA à qual possa chamar memorável, porque na realidade, não me lembro de nenhuma, desde que nasci. No entanto, acredito que tudo tem o seu tempo e como tal anseio pelo momento em que possa chamar de memorável a uma passagem do ano. 


Espero daqui a uns anos, já poder sair com amigos e festejar a passagem do ano.

Deste ano, posso concluir que de um modo geral foi muito bom! Um ano com altos e baixos, mas da qual posso tirar partido dos momentos mais baixos, pois tornaram-me numa pessoa mais forte, melhor, com outra visão em relação a alguns aspectos e ensinaram-me que consigo passar os obstáculos e barreiras que a vida nos proporciona. Por isso, faço um balanço de que os momentos menos bons de 2011, foram sem dúvida essenciais, para que pudesse crescer enquanto pessoa.

Conheci novas pessoas, algumas que se tornaram até muito importantes na minha vida...Percebi a distinção dos amigos verdadeiros e daqueles que pensamos serem verdadeiros, mas que afinal, não o são. Tentei manter as relações e laços apropriados com essas pessoas, para que não me enganasse nem a mim mesma, nem a elas. Refiz amizades do passado. Encontrei finalmente a minha melhor amiga, visto sentir-me preocupada pelo facto de até ao momento não ter nenhuma, que fosse realmente verdadeira. Espero, finalmente que esta, seja para toda a vida...Pelo menos, até a vida nos permitir! Com ela aprendi muitas coisas, tais como a não me limitar a conhecer só as pessoas da minha turma, mas também as restantes pessoas à minha volta. É interessante, pois conhecemo-nos desde o 1º ano de escola (já há muito tempo), mas só este ano passado imenso tempo de nos conhecermos é que a vida nos aproximou, fazendo conhecermo-nos melhor, visto que a opinião que tinhamos uma da outra não era a melhor (ahaha :D). Afinal, a minha melhor amiga esteve desde sempre comigo, não precisava de procurar muito! Simplesmente, andei numa aventura para saber distinguir afinal, quem são os verdadeiros. E posso mesmo concluir, por mim mesma, que os verdadeiros contam-se pelos dedos das mãos e acho que nem preciso de tanto...É pena que assim seja.


Tive experiências malucas de adolescente, pela qual reflito que não as vou repetir, pois apenas queria sentir e perceber como eram. Apaixonei-me, senti que começei a ganhar aos poucos mais liberdade por parte dos meus pais, trabalhei para conseguir os meus objetivos a nível escolar, encontrei finalmente um grupo de trabalho com jeito e pessoas em que eu possa confiar dentro da turma, enfim! Foram tantos os momentos bons de 2011...Balanço? Muito positivo.

1 comentário

Comentar post

Beatriz, 17. Ciências e Tecnologias


Seguir

Follow

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D