Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Delicate Notes

As memórias são para ser partilhadas

Desafio em cadeia

Hoje trago-vos a resposta a um desafio que me foi deixado pela autora do blog Girl Dreams.

 

1 - Se pudesses, o que mudavas em ti?

Mudava o facto de ser tão indecisa e de por vezes, depender muito das escolhas dos outros para me decidir. Não gosto nada disso. Para além disso, também mudava o facto de ser tímida quando conheço as pessoas. Só vou começando a mostrar mais de mim quando começo a ganhar alguma confiança com elas e por vezes, no início, a imagem com que ficam de mim é bem diferente daquela que revelo mais tarde se amizade começar a crescer.

 

2 - Vês-te a escrever o blog até quando?

Muito sinceramente não me vejo a parar de escrever o blog, já não imagino a minha vida sem um sítio onde eu possa escrever, mesmo que seja para mim mesma. Este não é o meu primeiro blog, mas é o que já consegui manter por mais tempo e espero que assim se mantenha, porque não tenho intenções de vos abandonar!

 

3 - Imagina que, através de um post polémico/excepcional, que se torna viral nas redes sociais, o blog fica subitamente famoso. A fama assusta-te?

Penso que se fosse um post que causasse polémica me iria assustar sim e não iria saber como lidar com isso. Mas se fosse um post excepcional, penso que não me assustaria e ficaria orgulhosa do meu "trabalho" ser reconhecido e lido por tanta gente e acima de tudo por as pessoas se identificarem. De qualquer forma, não quero que o blog se torne famoso. Gosto dele assim, rodeado por uma pequena quantidade de leitores que conheço através da sua escrita, tal como eles a mim. E é assim que quero que se mantenha.

 

4 - Se for o caso, consegues ler os posts que escreveste há 3, 4, 5 anos atrás sem teres uma vontade súbita de os apagares a todos? (se não for o caso do blog, servem diários, textos antigos, etc.)

Há um ano e tal, dois anos talvez, eu fazia de tempo em tempo uma revisão pelos posts desde o princípio do blog e ia eliminando alguns ou até melhorando a escrita de outros. Agora acho que isso não tem mais sentido. Afinal, não nos devia dar uma vontade súbita de os apagar porque mostram a nossa evolução, tanto da nossa escrita como mostra o quanto crescemos desde o começo do blog. E por isso, acho que não devemos eliminar, mas sim deixar tudo tal e qual como escrevemos na altura, faz parte. E às vezes gosto mesmo de ir ler o que escrevia há uns anos, tal como aconteceu agora com a história do D., que já é bem antiga e eu fui ler os posts que escrevia sobre ele há uns 2 anos atrás e até criei uma tag para ficar tudo junto.

 

5 - O teu livro favorito e porquê.

Ai, não me peçam para escolher um livro favorito, porque essa é só a tarefa mais difícil de sempre. Seja livros, filmes, é muito difícil escolher só um. Lá está a minha vertente de indecisa a falar.

 

6 - Qual é o seu maior sonho? 

A curto prazo, entrar em medicina é assim o maior sonho. Aquele que sei se não concretizar me vou sentir frustada e desiludida comigo mesma.

 

7 - Se o teu blogue se tornasse um sucesso enorme e te pedissem para o trocares por dinheiro, fá-lo-ias?

Nunca trocaria o blog por dinheiro e muito menos foi esse o intuito com que o criei. Criei por gosto pela escrita e por precisar de um sítio para falar sem ser julgada, um sítio que me escuta quando mais ninguém o faz. 

3 comentários

Comentar post

Beatriz, 17. Ciências e Tecnologias


Seguir

Follow

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D