Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Delicate Notes

As memórias são para ser partilhadas

Hi. Well, I love you. I always did. And I always will. Bye

add a caption

Um dia bom, um dia mau, um dia bom, um dia mau. Tem sido assim desde 29 de Agosto. Pouca vontade de comer, lágrimas nos olhos e sem vontade para nada. Já não canto como se estivesse a dar um concerto ou danço pela casa feita estúpida como fazia antes. Dormir é a resolução dos meus problemas. E acreditem que isto não se enquadra nada em mim. Nunca me tinha acontecido. 

Um dos motivos pelos quais acabei com o D. (o motivo com menos relevância) foi porque não é fácil manter uma relação à distância e conseguir concentrar-me nos estudos. Porque uma coisa era estar com ele nos intervalos das aulas, outra completamente diferente é investir tempo fora disso, tempo que por vezes preciso para dormir de tão cansada que estou ou que não tenho disponível porque preciso de me focar no meu objetivo. E não ia pôr o meu futuro em jogo por causa de um rapaz, por mais que gostasse dele. A realidade é que em vez de me livrar disso, só ganhei mais problemas. Um arrependimento na decisão que me deixa em baixo e depois ainda problemas com amizades. Mas a parva sou eu. Porque já não é a primeira vez que acontece a mesma coisa com a mesma pessoa e eu dou sempre outra oportunidade, perdou-o sempre porque acabo por me sentir culpada. Mas está na altura de eu dar um rumo a isto porque se eu mudar ninguém muda por mim! Vou simplesmente deixar de me preocupar com as indirectas e insultos e nem vou esforçar-me por salvar isto outra vez, porque não vale a pena. Por mais que voltemos a estar bem nunca vou ganhar confiança para lhe contar as minhas coisas sem ter medo que as espalhe ou as use contra mim quando nos chatearmos. E por isso, o melhor mesmo é eliminá-la da minha vida para parar de me magoar a mim mesma com isto. E é mesmo assim. Algumas pessoas entram, outras saem. Acredito que fica quem eu preciso de ter comigo.

Quanto à outra amizade, eu preciso dessa pessoa na minha vida e sei que ela vai sempre ficar. Mas desde Maio e devido ao D. temos tido várias desavenças, tudo porque ele gosta de mim. Teve atitudes que me magoaram muito e não concordo na forma como agiu, mas não o censuro porque não sei como agiria na situação dele. Eu acho que apoiava o meu amigo, mesmo que estivesse destruída por dentro e não o mostrava, mas cada um tem o seu feitio e maneira de agir. Se era porque comecei a falar com ele, ficava chateado, se começámos a namorar, ficou chateado e agora por acabarmos também. Porque eu não lhe contava as coisas. Como é que é suposto ir esfregar na cara de alguém que gosta de nós problemas com a pessoa de quem gostamos? Mas pronto, este assunto já está resolvido. A bomba rebentou e eu tive de descarregar tudo, deitar tudo para fora. E disse-lhe que era a última vez. Que estava farta de correr atrás..de se tínhamos algum problema eu é que tinha de correr atrás para o resolvermos, porque se tinha algum problema deixava de me falar ou agia de forma diferente comigo. Hoje ligou-me e uma hora, que começou com discussão acabou numa conversa que me acalmou em relação ao D.

E por fim, falta o D. Segunda-feira é o primeiro dia dele na Metro e é também o meu dia de anos. Aquele que há um mês atrás nós imaginávamos de forma de diferente daquilo que vai ser. Vou esperar que ele me dê os parabéns e se não der (que duvido), vou falar com ele e dizer-lhe que não estou disposta a perder a nossa amizade. Que não estou mesmo! E que quer ele queira quer não, eu vou chateá-lo de vez em quando para ir sabendo como vão as coisas. Se algo mais não resulta, então pelo menos vamos manter uma amizade especial depois de tudo o que já passámos desde há dois anos atrás, quando me viste pela primeira vez no espetáculo de ballet com a banda.  

Foi só há um mês atrás que nós ficávamos acordados até ao amanhecer. A falar sobre a vida e sobre nós. Só há um mês. E não tarde nada já passou um mês desde que tomei uma decisão de que ainda não sei se me arrependo ou não.  Mas eu vou descobrir e caso for afirmativo, desta vez vou ser eu a lutar por ti. Foste sempre tu e agora vou ser eu. Vou trazê-lo de volta.

Vou deixar de estar como nas últimas semanas porque já não aguento mais. Vou fazer algo com a minha vida, porque preciso de me estudar com jeito e se estiver mal as coisas não vão correr bem.

E agora vou mas é para o Happy Holi levar com cores pela cara e ouvir boa música para ver se me divirto que também mereço. Vai ser o fim do meu verão!

4 comentários

Comentar post

Beatriz, 17. Ciências e Tecnologias


Seguir

Follow

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D