Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Delicate Notes

As memórias são para ser partilhadas

Passado o Carnaval todos colocam as máscaras

▪️Fashion Decades▫️

Este Carnaval, viajámos pelo tempo e recuámos aos loucos anos 20 e também pelo mundo da fantasia e disfarçamo-nos de Maléfica. Apesar de estar mais convencida com as ideias do ano passado (Egípcias e Minions), penso que fomos bastante bem este ano também. Ao contrário do ano passado, em que por esta altura estava super entusiasmada com o Carnaval, este ano não me estava a apetecer mesmo nada, visto que a semana antes foi absolutamente horrível (culpa das hormonas), mas nem punha a hipótese de não ir, porque sabia que me ia arrepender. 

Todos os anos o meu grupo escolhe um fato comprado e para o outro dia, um fato feito por nós. O que pude comprovar este ano é que por mais giras que fiquemos com os fatos comprados (e mesmo que sejam originais), o fato feito por nós tem sempre outro encanto. Nesse dia, as pessoas comentam, elogiam, ficam surpreendidas e até nos dizem para concorrer ao Concurso de Máscaras, algo que não acontece com o fato comprado.

O Carnaval apesar de não ter sido tão bom como no ano passado (foi a sensação com que fiquei) serviu para me divertir e abstrair das responsabilidades, apesar dos cornos da maléfica quase me terem custado um esgotamento nervoso. Mas apesar disso, serve para estar com os amigos, ver pessoas novas e fortalecer amizades de pouco tempo. 

Como sempre, as (pseudo)-férias passaram a correr e eu a achar que ia ter a oportunidade de adiantar imensa coisa da escola, vejo agora que não fiz nada. E sinto-me bastante nostálgica, porque parece que Domingo nem existiu, passámos da noite de Sábado para Segunda e que algo que eu estava à espera há tanto tempo, passou a correr. As coisas boas passam realmente num abrir e fechar de olhos e temos de aproveitá-las. 

Quinta-feira é tempo de voltar à rotina, ao trabalho, que só parou por três dias e voltar a lidar com as pessoas - o bichinho mais eww à face da Terra, mas ao mesmo tempo, com o qual não podemos viver sem - e as suas máscaras. Porque as verdadeiras máscaras, colocam-se depois do Carnaval.

1 comentário

Comentar post

Beatriz, 17. Ciências e Tecnologias


Seguir

Follow

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D