Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Delicate Notes

As memórias são para ser partilhadas

Dos exames # 3

E tanto me queixei eu nos posts que fiz sobre os exames e depois acabei por nem vos contar os resultados. Os resultados foram aquilo que eu estava à espera. Aliás, foram a meta que eu sempre defini para não me desiludir. Por isso, estou contente, apesar de tudo e por ter cumprido aquilo a que me propus. 

Tive 4 tanto a Português como a Matemática. Apesar de no exame de Matemática eu saber que podia ter tido o 5 à vontade. Houve uma questão no exame que eu tinha posto bem e fui riscar para pôr mal. Se não tivesse riscado, tinha o 5! Estas coisas é que me deixam a remoer por dentro. Já no de Português eu estava a rezar para que não saísse poema e saíu, se não fosse isso, também andava perto do 5. Mas pronto, isto era só o 9º ano, os exames ainda não têm um peso tão grande que me façam ficar com a sensação de que podia ter tido melhor. 

 

Para além dos exames da escola, também já sei a nota do exame de ballet. Foi na quarta-feira passada que a minha prof. me veio dar os parabéns no facebook do meio do nada e apercebi-me que as notas já tinham saído. Tive 81. Gostei da nota, porque melhorei em relação ao ano passado mesmo estando num grau mais avançado. Acho que nunca mais em nenhum exame vou bater o 89 que tive há dois anos, mas pelo menos ficar próxima dessa nota.

2ª semana férias

É impressão minha ou esta semana passou ainda mais rápido do que a outra? Cada vez mais vejo os dias a passar mais rápido..Na segunda e na terça tive ensaios com pianista para o exame de ballet e correram bem, acho eu. Tirando a parte em que vou ter de competir com a M. por uma dança. Por muito que ela seja minha amiga, eu quero ficar com o Estudo B, por isso vou lutar para o conseguir. Apesar de sentir que o método da prof. para puxar por nós é deitarmo-nos a baixo, para que fiquemos com uma raiva enorme de conseguir mostrar-lhe que fazemos melhor que aquilo.
Nos restantes dias, passei em casa a ver filmes e séries. Ainda tenho trabalhos para fazer, mas já está tudo organizado para começar o 3º período. Este assusta-me um bocadinho, acho que me vai levar à loucura. Mas não posso perder a motivação e vontade de melhorar! E pronto, não tenho mais novidades..tirando o facto de apesar de vir todos os dias ao pc, não me ter apetecido escrever nada e de estar prestes a entrar em depressão com a vontade que tenho de ir às compras...Babo-me só de ver as coleções! 

Não consigo ser de outra maneira

Tumblr_lu0hp8w8us1qennero1_1280_large

Não sou uma pessoa que expresse facilmente os seus sentimentos. Confesso que sou um pouco tímida quanto a isso. Seja com qualquer pessoa, até pessoas mais próximas e com as quais tenho confiança. E por vezes fico a sentir-me mal com isso. Não sou capaz de lhes mostrar o que sinto. Por mais que me esforçe, não consigo. Um dos casos que me deixou triste, foi no regresso da professora de ballet. Não fui capaz de lhe mostrar o meu entusiasmo por ter voltado, nem lhe dei um beijinho. Não conseguir e depois ver os outros a fazê-lo, entristece-me. É dificil para mim dizer um simples "gosto muito de ti". Será isto possível?

Foi duro.

Beach-beautiful-dance-dancing-flexibility-favim.com-449628_large

Hoje a aula de ballet foi dura. Muitos abdominais, bicicletas, rãs e aberturas contra o espelho. O pior foi sem dúvida este último. Tinha a prof. numa das minhas pernas e a Marta na outra perna. Puxaram tanto e pressionaram os meus joelhos que só me apetecia fugir dali. Estava tão revoltada, as gotas de suor caíam pela minha cara e quase que fazia pressão contra as pernas da prof. e da Marta para que saíssem dali. Eu implorava, dizia-lhes que não saía da posição, mas que por favor saíssem das minhas pernas. Foi um sofrimento horrível, doía-me tanto, tanto, tanto...E ter de ficar assim durante 10 minutos. Foi tão doloroso! Eu gritava com dor, o conservatório inteiro deve ter ouvido os meus gritos...E hoje foi a primeira vez em 3 anos que chorei. As lágrimas correram-me naturalmente pela cara. Mas chorar soube-me bem. Aliviou a minha dor.  Fiquei mais tranquila e calma. Só me apetecia bater-lhes e fazer com que parassem de fazer pressão, com que se afastassem. Doíam-me os tendões atrás dos joelhos, parecia que iam rebentar..As minhas virilhas não aguentavam mais. Ainda agora me doem e vão continuar a doer o resto da semana. E a prof disse-me "Este ano vou pôr-te com as pernas no chão, este ano vais fazer a espargata". Por um lado fico feliz por a professora acreditar em e que o vou conseguir fazer. Por outro, se eu ando desde os 3 no ballet, não é agora aos 14 que vou conseguir. Eu estou a ser realista, apesar da prof. me dizer que se pensar assim é que não consigo. Vou esforçar-me por isso, vou lutar por conseguir fazer, para melhorar...Talvez até consiga..Não sei. Vou descobrir. Vou ter de aguentar mais aulas destas, mas talvez assim no final do ano, me sinta orgulhosa do meu trabalho e do progresso que fiz. I hope so.

Casamento da Professora de Ballet

Tumblr_m3eiz1jx181qghmnbo1_500_large

Foi ontem o casamento. Fui com a Joana e a Filipa para o local, visto que a viagem durava cerca de 2 horas (Ferreira do Zêzere). Aproveitámos o dia para tirar muitas fotos e divertimo-nos muito! Pena que não podemos assistir ao corte do bolo, nem ao atirar do bouquet, nem dar um pézinho de dança, porque tínhamos de fazer a viagem de regresso. 

A zona era muito bonita, paisagem com um rio e montanhas e os caminhos eram muito agradáveis. Gostei muito de quando colocaram as capas universitárias e levaram com o arroz, passando por cima delas. 
Na quinta, os aperitivos estavam muito bons, o espaço era muito agradável e bonito. Quando almoçámos já eram quase 16h00 e durou até às 18h30. Durante o almoço tirámos fotos, e houveram algumas peripécias. Uma colega nossa a fingir que os copos eram de shots e pôs a movimentar-se a garrafa assim. Conclusão: Sujou-se, sujou-nos, molhou o prato todo cheio de sumo. Depois quando os senhores nos estavam a servir um dos pratos, eu olho para a mesa e vejo uma aranha daquelas grandes, grandes e fico paralisada a olhar para aquilo. Olho para a Joana, que estava ao meu lado e olho para a aranha, para ela ver. Ficamos as duas estáticas a olhar para aquilo. O Sr. que estava a servir a comida disse para aí umas trinta mil vezes "Deseja salada? Deseja Salada? Desculpe, deseja salada?" A Joana responde rapidamente "Não, não!" e olha para a aranha. A Marta repara nela também e fica mesmo "omg, omg tirem isso daqui, é mesmo das grandes". Levanta-se a Sara A. e vem até ao nosso lugar e diz "é falsa?" e nós dissemos que não. Ela dá um pulo para trás e corre para o lugar. Nós chamamos um empregado e ele faz uma cara do género "hnac, que nojo!" e depois foi lá rapidamente tirar a aranha. Em seguida, nós fomos prepararmo-nos para dançar. Eu estava confiante com a primeira música, mas foi mesmo essa que me correu mal. Eu estava à frente e fiquei paralisada, até que tiveram que me chamar. Eu fiquei completamente devastada, porque aquela música era em corpo de bailado e eu nunca pensei enganar-me ali. As músicas que se seguiram, os meus braços tremiam, tremiam...Ainda por cima por saber que estavam no casamento bailarinas profissionais. Mas pronto! No final da actuação a professora estava muito emocionada, a chorar e ofereceu a cada uma de nós uma flor, como forma de agradecimento. Depois foi abrir o baile, mas nós tivemos que nos vestir e despedir dos noivos. E fizémos a viagem de regresso.

Pontas

242358_3934973129047_1160138034_o_large

Todas as meninas quando entram no ballet, têm como principal desejo poderem calçar pontas pela primeira vez. E quando finalmente conseguimos, as coisas tornam-se diferentes. Deixa de ser bonito, mas passa a ser doloroso. Chegar com os pés cheios de bolhas a casa, o sofrimento na aula porque a vossa professora desliga a música e começa tudo de novo cada vez que mostram que desistiram e não aguentaram em cima das pontas. No entanto, acaba por ser recompensador, no final, quando somos aplaudidas pelo nosso esforço. 

 

Eu começei pontas aos meus 10 anos, mas foi algo bastante básico. Depois acabei por sair, para entrar na Royal (academia de dança). Tive de esperar 2 anos após entrar na academia para poder começar e posso dizer que agora sim, agora começei a trabalhar pontas a sério. Duas aulas por semana dedicadas a elas e espero no final do ano já ter resultados. 

Bailado + Exame RAD

Em relação ao bailado, correu bem! Consegui fazer o carrapito e calçar pontas em apenas 2 min. (porque como era a Alice fiz o bailado com o cabelo solto enquanto interpretava o papel de Alice) e esta era a minha maior insegurança. Agora quanto à nota, este ano tive 77. Sinceramente? Apesar de já estar à espera de baixar a nota, fiquei um pouco desiludida comigo. Sei que conseguia ter mais e passar de um 89 para um 77 ainda é uma grande diferença, mas pronto. A prof. ainda andou só em cima de mim, a dizer que eu podia ter tido muito melhor e que este ano me relaxei e bla bla bla, mas pronto! Eu tenho é de ficar satisfeita porque tive novamente Distinção. Claro que para o ano vou fazer por melhorar esta nota e regressar aos +83 pelo menos.

 

82190761919590384_bka7fzja_c_large

2 # Alice no País das Maravilhas

Alice-alice-in-wonderland-flowers-girl-favim.com-276086_large

 

E falta uma semana! Parece que foi ontem que fiz um post em que contava a personagem que me tinha sido atribuída... Já passaram quase 2 meses e tenho trabalhado árduamente. Esta semana que passou tive ensaios diariamente que duravam 6 horas, para não falar das horas em que andámos a ajudar com os cenários. Apesar do cansaço, retiro daqui momentos muito bons! Ainda faltam algumas coreografias para mim, e por isso, ainda tenho muito que trabalhar...Isso anda a deixar-me um pouco nervosa, porque não são coreografias como corpo de bailado, mas solos e ter de os aprender na última semana está a deixar-me preocupada. No ano passado por esta altura, estava ainda na boa, sendo que só começei a sentir nervos na noite anterior ao bailado. Amanhã vou buscar o fato de Alice, que já está pronto e eu estou desejosa para o ver! Ainda falta arranjar a fita para o cabelo e um saiote para colocar por baixo do vestido. Outra coisa que me preocupa é o facto de eu ir com cabelo solto para fazer de Alice e depois ter de fazer um coque em apenas 3 min. Esta semana vai ser intensa e vamos finalmente saber, depois de esperar 3 meses, as notas dos exames da RAD. Isso também me deixa nervosa. Acho que vou ter menos do que no ano passado (89), mas espero conseguir pelo menos 70. Vai ser uma semana cheia de emoções. Resta esperar que corra tudo bem!

Alice no País das Maravilhas

No ano passado o bailado foi O Fantasma da Ópera, sendo que este ano, será a Alice no País das Maravilhas. As personagens já foram distribuidas e eu vou ser a Alice. Esta história da Disney não é das minhas favoritas, mas penso que apesar do trabalho árduo que tenho nos próximos meses, me vou divertir bastante em conjunto com as outras bailarinas. Os horários de ensaio mudaram, sendo que agora irá haver a junção de alguns graus. No dia do bailado vamos receber a nota dos exames..Mal posso esperar pela sensação de ter ensaios das 13h00 até à 23h30 todos os dias da semana antes do bailado, do nervoso miúdinho dessa semana, dos encontros por causa dos cenários, do convívio entre as bailarinas, da aquisição das roupas, dos stresses de última hora, dos lanches no Largo da Feira...

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D